Como você pode ganhar dinheiro com rádios e lojas virtuais grátis

Como você pode ganhar dinheiro com rádios e lojas virtuais grátis

As rádios já foram o meio de comunicação mais popular do Brasil. Porém, com a ascensão da televisão e do cinema, essa deixou de ser a realidade. Com essa nova realidade, donos de rádio pensaram em investir mais na internet e vender seus produtos em lojas virtuais grátis.

A queda das rádios e suas consequências financeiras

Agora, passamos de um país antenado na transmissão oral para um país em que quem impera é o visual. Tudo se modificou com a chegada da televisão e do cinema ao Brasil, que foram conquistando gradualmente nosso público, e tomando o espaço do rádio. Atualmente, esse segmento não é amplamente difundido, mas preserva um público.

A maior audiência das rádios atuais talvez provenha da população que passa horas no transito todos os dias, ou que ouve notícias e programas no transporte público. O que se observa, entretanto, é que definitivamente perdemos aquele costume de se sentar ao lado do rádio e de ter a companhia dos locutores.

O crescimento do acesso à internet e aos meios digitais também foi um fator influente para a queda das emissoras de rádio no Brasil. A população passou a utilizar seu tempo livre para acessar redes sociais, por exemplo. Além disso, há uma preferência pela informação online, aspecto que faz com que as rádios reduzam a importância dos noticiários em suas programações.

Como lojas virtuais grátis podem ser uma fonte de lucro

Com esse quadro, já podemos deduzir que o lucro das emissoras está cada vez menor e mais difícil de ser conseguido.

Porém, foram pensadas diversas estratégias para que esse mercado não se esgotasse. Essas técnicas são as utilizadas pelos veículos atuais, e fazem com que a grade se preserve e satisfaça o público alvo.

Primeiramente, os donos de rádios pensaram em começar a vender produtos como bonés, roupas, ingressos e até mesmo a fazer promoções com lojas virtuais gratuitas.

Montar uma loja virtual grátis pode ser muito fácil para você, existem opções como a loja virtual gratuita do Shopify.

Você pode usar lojas virtuais para fazer propaganda

As rádios também vivem de propaganda, uma maneira efetiva de ter ganhos com uma rádio. Os grandes conglomerados de mídia, que são donos da maioria das emissoras no país, ganham dinheiro por meio da publicidade veiculada em seus veículos.

O esquema é basicamente assim: a emissora em questão exige valores por exibições do comercial, tanto os apenas falados, quanto os com imagens.

Esse acordo financeiro pode incluir, como vemos no caso dos esportes, um patrocínio dos conteúdos da programação. É uma questão de trocas. A empresa está divulgando seu produto para centenas de ouvintes, e a rádio está ganhando verbas para preservar sua continuidade.

Esse mecanismo de obtenção de lucros é algo que surgiu pouco tempo após a chegada da televisão no Brasil, sendo prioritariamente usada nesse segmento. Porém, como os grandes conglomerados midiáticos possuem representantes em todas as plataformas, o modelo é utilizado nas rádios também.

Para que isso seja feito, as emissoras estão passando a divulgar informes publicitários pouco explícitos, uma vez que já há comerciais e o público tende a não lidar bem com o aumento desses intervalos. Uma das maneiras de se fazer isso é, por exemplo, colocar esses informes dentro de programas jornalísticos.

Outra estratégia utilizada nas rádios e importada da televisão é o aluguel de horários. No caso das transmissões audiovisuais, você aluga um período de tempo para exibir produções de terceiros. Comumente, são exibidos programas religiosos ou televendas. Nas rádios, é mais corriqueiro que haja o aluguel ou compra de uma frequência, utilizada de mesma maneira.

Quando você coloca em uma estação religiosa, por exemplo, significa que uma igreja comprou a concessão dessa emissora, e está utilizando para divulgação de seus produtos. A responsabilidade do programa, assim, é de quem está produzindo, nunca de quem vendeu ou ofereceu para aluguel.

Novas maneiras de lucrar: podcasts e web-rádio

Há ainda uma maneira básica de conseguir dinheiro com esse tipo de serviço, que é simplesmente atrair novos ouvintes. Para que isso seja feito, uma tendência é o investimento em podcasts, programas que tem crescido atualmente.

Os podcasts são programas de assuntos diversos em que os locutores comentam e discutem sobre determinado assunto. De caráter bem descontraído, é mais frequentemente visto em comunidades de fãs de séries ou jogos digitais. Porém, esse é um segmento que tende a conquistar os mais diversos tipos de consumidores.

Por fim, temos a web-rádio, que são emissoras digitais, ouvidas via internet. Sua popularização decorre principalmente da facilidade com que esses serviços são instalados: basta ter um microfone e gravador, além de um site. Não é necessário possuir uma concessão ou passar por burocracias para ter sua rádio onine.

Essa área, além de ter grande potencial em um país muito ligado à internet, como é o caso do Brasil, pode ser fonte de lucros para quem já é dono de uma rádio de transmissão comum.

A maneira mais simples de lucro é pelos anúncios patrocinados, que podem ser adicionados a sua página e levar as pessoas até a sua loja virtual. Também podemos vender espaços de publicidade para lojas físicas, que passam a ter a oportunidade de anunciar seus produtos no ambiente virtual.